Amazonas também entra com ação popular pedindo a anulação da posse de LULA

Subindo no Salto para uma ação popular pedindo a anulação da posse do ex-presidente Lula da Silva (PT) como ministro-chefe da Casa Civil foi protocolizada na tarde desta quinta-feira, dia 17, na 3ª Vara da Justiça Federal do Amazonas.

A ação é assinada pelos advogados André Almeida, Carlos Barretto e Eduardo Bonates, do escritório Almeida & Barretto, que funciona em Manaus. O caso está nas mãos do juiz Ricardo Augusto de Sales.

Os advogados afirmam que a peça lista todos os argumentos jurídicos e provas, incluindo as recentes gravações telefônicas oriundas do processo do juiz Sérgio Moro, que sustentam a impossibilidade do ex-presidente assumir pasta no ministério do governo Dilma.

A primeira movimentação do processo foi às 15h19. Trinta e quatro minutos depois foi recebido na Secretaria Judiciária. (Contéudo Portal BNC)

ver mais notícias