Alunos de escola nova na Zona Norte recebem tablets para usar em sala de aula

O Governo do Amazonas está instrumentalizando as escolas da rede estadual da capital e do interior com equipamentos e recursos tecnológicos que auxiliam no processo de ensino e aprendizagem. Hoje foi a vez dos alunos da Escola Estadual de Tempo Integral (EETI) Lecita Fonseca Ramos, na zona norte da capital, terem acesso a esses recursos com a entrega de 480 tablets.

Os equipamentos são dotados de aplicativos multidisciplinares que possuem conteúdos que podem ser acessados off-line (sem o uso da internet). Os novos instrumentos vão beneficiar alunos e professores. De acordo com o governador David Almeida, que esteve no local conhecendo a estrutura da escola recém-inaugurada, os alunos estão tendo a oportunidade ímpar no processo de aprendizagem ao terem acesso a estes recursos.

“É o avanço da educação. O que eles vão estudar até o final do ano já está no tablet, incluindo conteúdo em 3D. É um avanço significativo no ensino do Estado e que nós queremos levar para todo o interior, para que nossos alunos possam ter uma melhor formação”, destacou o governador.

Excelência do ensino – Para David Almeida, o aparelhamento das escolas com os recursos tecnológicos aliados à formação do corpo docente eleva a excelência do ensino.

O secretário de Estado de Educação, Arone Bentes, defendeu o uso dos aparelhos tecnológicos no contexto educacional, como ferramenta de aprendizagem associada ao conhecimento dos professores.

“É uma evolução que chegou para ficar. Esses instrumentos vão, daqui a pouco, se tornar coisas comuns, mas eles representam hoje a ideia de que o Estado está instrumentalizando e dando o aporte necessário para que se aprenda e que haja um trabalho efetivo e resultados bons na educação desses alunos”, frisou Arone Bentes.

Estrutura – A Escola Estadual de Tempo Integral (EETI) Lecita Fonseca Ramos foi inaugurada no dia 22 de maio deste ano e possui um prédio com 12 salas, laboratórios de informática e ciência, biblioteca, auditório e um espaço para grupos técnicos de trabalhos, quadra poliesportiva coberta, refeitório, espaço para horta e um amplo espaço de convivência.

A escola foi construída por meio de uma parceria entre o Governo do Estado e o Ministério da Educação (MEC), via Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). 

ver mais notícias