Sobrinho de político e traficante assassinado promoviam orgias com prostitutas de luxo

Uma cafetina que não quis se identificar, relata que recebia dinheiro do tráficante Vainer PP, em troca, fazia agenciamento com prostitutas de luxo, até paniquetes

Vainer de Matos Magalhães integrante da Família do Norte (FDN), morreu com cerca de 30 tiros. Mulher que estava ao lado, apontada como Taty Tavares que é ex-dançarina da banda de forró Aviões do Forró não teve ferimentos, a outra mulher  que estava no banco de trás foi baleada na cabeça.

Vainer Magalhães, conhecido como PP, dirigia uma Hilux preta em um trecho da Avenida Santos Dumont, em Fortaleza, que foi executado com de 30 tiros no início da tarde de quinta-feira (20).

Segundo a PM, o responsável pelo crime estava a pé no momento dos disparos, porém com apoio de um comparsa em um corsa sedan bege, veículo usado na fuga. A arma usada na execução também chamou a atenção: uma pistola calibre 7.28 mm, com hipervelocidade de disparo, conhecida como “Mata Tira”.

Vainer PP estaria com uma dançarina da banda de forró Aviões do Forró, apontada como Taty Tavares, uma outra mulher identificada como Tereza Vital Nunes, que estava no banco do passageiro da Hilux, foi atingida por alguns disparos na cabeça. Ela foi socorrida e encaminhada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Praia do Futuro, onde aguarda transferência para o Instituto Dr. José Frota (IJF). O estado de saúde dela ainda não foi divulgado.

Ainda segundo a PM, “Vainer PP” estaria indo a um flat localizado na Rua Dr. Manoel Rodrigues Monteiro para buscar uma mulher identificada como Daniele Vital Nunes, filha de Tereza. Ouvida pela polícia, Daniele se identificou como médica, mas não provou a alegação através de documentos. Até o momento, ninguém foi preso pelo crime. Informações preliminares dão conta de que a execução teria sido realizada por integrantes da facção Comando Vermelho, mas ainda não há confirmação.

Uma cafetina que não quis se identificar, relata que recebia dinheiro do traficante Vainer PP, em troca, fazia agenciamento com prostitutas de luxo, até paniquetes, as orgias aconteciam também em Manaus.

O homem que aparece no vídeo foi candidato a vereador de Manaus, segundo investigação aponta amizade com o Chefe da FDN que foi assassinado, o mesmo tem ligações como políticos como Reizo Castelo Branco.

 

ver mais notícias