Torre Eiffel fechada em novo dia de protestos na França

A Torre Eiffel permanecerá fechada nesta terça-feira ao público por um novo dia de mobilização social na França contra uma reforma trabalhista, que provoca manifestações há quatro meses no país, anunciou a direção do monumento parisiense.

Parte dos funcionários da Torre Eiffel “indicou que participaria no dia de protestos”. O número de funcionários “não é suficiente para abrir o monumento ao público com as condições de recepção e segurança necessárias”, anunciou a empresa que administra o local (SETE).

A Torre Eiffel, visitada por 7 milhões de pessoas em 2015, sendo 80% delas estrangeiras, foi fechada em 14 de junho pelo mesmo motivo.

Os sindicatos contrários à reforma trabalhista convocaram uma manifestação para terça-feira à tarde nas ruas de Paris.

ver mais notícias