Senado vai sabatinar indicados à diretoria do BC na terça-feira

BRASÍLIA – No mesmo dia em que o Banco Central (BC) divulgará as previsões para a inflação e atividade no relatório trimestral, os novos integrantes do Comitê de Política Monetária (Copom) serão sabatinados no Senado. A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) marcou para amanhã a entrevista com os indicados aos cargos de diretores da autoridade monetária.

Para a diretoria de Política Econômica, concorre o economista da PUC-Rio Carlos Viana de Carvalho. Reinaldo Le Grazie ocupará, se aprovado pelos senadores, a diretoria de Política Monetária e Tiago Couto Berriel é o indicado para a diretoria de Assuntos Internacionais. O atual procurador do BC, Isaac Sidney, deixa o posto e pode ter um assento no Copom, se autorizado pelos senadores. Sidney comandará a diretoria de Relações Institucionais.

GOLDFAJN TRAÇARÁ CENÁRIO

Depois de aprovados pela CAE, os quatro nomes devem ser avalizados pelo plenário do Senado Federal. Só depois disso, os indicados podem assumir os cargos.

No mesmo momento em que os senadores fizerem perguntas para os possíveis diretores, o novo presidente do BC, Ilan Goldfajn, dará sua primeira entrevista coletiva no cargo. Ele aproveitará a apresentação do relatório trimestral de inflação para traçar um cenário do atual momento econômico do país.

A fala ganha ainda mais importância depois de Goldfajn ter passado o fim de semana inteiro em debates com outros presidentes de bancos centrais, na Basileia, Suíça. As atenções estarão voltadas para sua leitura do cenário internacional após a decisão dos britânicos de deixar a União Europeia.

ver mais notícias