Preço médio de imóveis permanece estável pelo segundo mês consecutivo

RIO – O Índice FipeZap — que acompanha o preço de venda dos imóveis em 20 cidades brasileiras — ficou praticamente estável em abril, com variação de 0,07% frente a março. Sete das 20 cidades pesquisadas tiveram variação negativa, enquanto nas outras 13 houve elevação. Nos últimos 12 meses, o Índice FipeZap registrou crescimento de 0,21%, atingindo em abril a menor variação registrada na série. Já o preço médio anunciado do metro quadrado apresentou queda real de 8,23% no período.

Apesar disso, em praticamente todas elas o aumento foi menor do que a inflação esperada (IPCA/IBGE) para o mesmo mês, segundo o Boletim Focus. A exceção ficou em Curitiba (0,84%) e Vitória (0,80%).

Todas as cidades brasileiras que compõem o Índice FipeZap registraram variação inferior à inflação esperada nos últimos doze meses, sendo que em Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Recife, Niterói e Distrito Federal, houve queda nominal.

O valor médio do metro quadrado anunciado das 20 cidades foi de R$ 7.619. Rio de Janeiro se manteve como a cidade com o metro quadrado mais caro do país (R$ 10.340), seguida por São Paulo (R$ 8.623). Já as cidades brasileiras com menor valor médio por metro quadrado entre as 20 cidades pesquisadas pelo Índice FipeZap foram: Contagem (R$ 3.544) e Goiânia (R$ 4.261).

ver mais notícias