Poupança tem pior desempenho em fevereiro desde 1995

BRASÍLIA – A caderneta de poupança teve o pior desempenho para meses de fevereiro no mês passado. Os saques superaram os depósitos em R$ 6,6 bilhões, de acordo com dos dados do Banco Central, divulgados nesta sexta-feira. É o pior desempenho da aplicação mais popular do país desde que o BC passou a registrar os dados em 1995.

Além de ser o maior resgate líquido para meses de fevereiro, é o quarto pior resultado da história. Em janeiro, a poupança registrou uma saída recorde de R$ 12 bilhões, já descontados todos os ingressos.

Essa fuga de dinheiro da poupança tem dois principais motivos: crise econômica e os juros altos. Os brasileiros precisaram quitar dívidas ou investir em aplicações melhores que dão retorno mais alto, já que a poupança é incapaz de proteger o dinheiro da inflação, que está em 10,71% nos últimos 12 meses.

Como os juros básicos estão em 14,25% ao ano, vale a pena retirar dinheiro da poupança e aplicar em fundos de renda fixa. Atualmente, a poupança rende apenas 6%, mais TR (Taxa Referencial). Mesmo com a matemática desfavorável, os brasileiros ainda mantém R$ 646,1 bilhões na poupança.

ver mais notícias