Para BC, decisão da Moody’s terá impacto marginal

BRASÍLIA – O chefe do departamento econômico do Banco Central, Túlio Maciel, disse que a perda do grau de investimento do Brasil — anunciada nesta quarta-feira pela agência de classificação de risco Moody’s — terá impacto marginal na economia brasileira. Ele lembrou que as outras duas grandes agências globais já tinham retirado o selo de bom pagador do país no ano passado.

— Para o cenário macroeconômico, (…) o impacto tende a ser marginal — frisou o economista durante uma entrevista coletiva, em Brasília, para divulgar os resultados do mercado de crédito no país.

Maciel ressaltou que notícias ruins interferem na confiança das famílias e empresários. No entanto, os índices de confiança já tiveram o impacto dos primeiros rebaixamentos.

— Altera pouco a situação do crédito por ter tido o rebaixamento de outras agências de rating antes. Não é isso que vai alterar o cenário de crédito no país.

ver mais notícias