Novo ministro do Trabalho defende terceirização na atividade fim

BRASÍLIA – O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, disse ser favorável à regulamentação da terceirização e que não vê problemas que o processo ocorra nas atividades fim das empresas, desde haja garantias para os trabalhadores. Segundo ele, a terceirização já é um fato no país. Ele disse também vai conversar com o presidente interino Michel Temer sobre a reforma trabalhista para negociar as medidas de modernização trabalhista com empregadores e trabalhadores.

— Precisamos ter um regramento para a terceirização que já existe no país. Faremos isso com amplo diálogo entre os atores envolvidos — disse o ministro.

Ele destacou que o presidente assegurou no discurso de posse que vai preservar direitos e que a orientação valerá para a reforma da CLT.

ver mais notícias