Ministro estima que Eletrobras fique até 3 meses com ações suspensas na Bolsa de NY

RIO – O novo ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, estima que a Eletrobras fique de dois a três meses com suas ações suspensas na Bolsa de Nova York. Fernando Coelho explicou na manhã desta quarta-feira que, como a Eletrobras não deverá conseguir entregar os balanços de 2014 e 2015 ainda hoje na SEC, a partir de amanhã a companhia deverá ter suas ações suspensas de negociação na Bolsa de Nova York.

— A Eletrobras vai encaminhar um recurso à Bolsa de Nova York, que deverá levar em seu julgamento de dois a três meses. Neste período, vamos fazer todo esforço possível para que a investigação possa ser concluída e que dê o conforto à auditoria independente para assinar o balanço. Com o recurso pleiteado, vamos tentar voltar com as negociações antes de se iniciar o processo de deslistamento — afirmou o ministro.

Fernando Coelho participou na manhã desta quarta-feira do Encongtro Nacional dos Agentes do Setor Elétrico (Enase), no Rio. Com apenas seis dias no cargo, o ministro demonstrou conhecimento dos maiores problemas pelas quais passa o setor elétrico, especialmente as empresas do grupo Eletrobras, e pediu apoio a todos os empresários do setor no esforço de buscar saídas.

ver mais notícias