Medidas fiscais servirão como “plano de voo”, diz Meirelles

SAO PAULO – O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse na manhã desta segunda-feira que o pacote de medidas que será apresentado amanhã servirá como um “plano de voo” para “endereçar o problema do deficit” de R$ 170,5 bilhões revelado na última sexta-feira pelo governo do presidente interino, Michel Temer. Segundo o ministro, que não quis antecipar detalhes das medidas, essas primeiras ações serão “administrativas e legislativas” e visam ter efeitos de longo prazo.

— O processo começa por um controle rígido e rigoroso dos gastos públicos. A maior arrecadação virá como consequência — afirmou após participar de evento, nesta manhã, em São Paulo.

Meirelles afirmou ainda haver um clima de ansiedade e uma expectativa para que não ocorram erros por parte da imprensa e na população, mas explicou que só o diagnóstico do problema fiscal consumiu a primeira semana de trabalho da equipe econômica do governo interino.

— A ideia é ter um plano de voo com medidas que tenham efeito plurianual e permanente — contou.

ver mais notícias