Juros do cartão de crédito e cheque especial estão cada vez mais altos

BRASÍLIA – As condições do crédito continuam piorando para os consumidores de acordo com dados do Banco Central (BC). Em fevereiro, os juros cobrados no cartão de crédito atingiram 447,5 % ao ano — alta de 8 pontos percentuais (pp) em relação a janeiro e de 16,1 pp neste ano. Quem ficou pendurado no cheque especial pagou no mês passado uma taxa de 293,9% ao ano — mesmo patamar de 1994, quando começou a série do BC —, o que representou elevação de 1,6 pp. No empréstimo pessoal (sem desconto em folha), os juros atingiram 122,8 %, ao ano no mês de fevereiro (aumento de 4,3 pp).

De acordo com o relatório do BC, os juros médios cobrados dos consumidores em fevereiro alcançaram 39,9 % ao ano — aumento de 0,7 pp na comparação com o mês anterior. A taxa dos empréstimos para as empresas ficou em 22,7% ao ano – queda de 0,1 pp. O índice de inadimplência (atrasos acima de 90 dias) ficou estável em 3,5% no mês passado.

Os dados do BC mostram ainda que o volume total de crédito em circulação na economia atingiu R$ 3,184 trilhões no mês passado, queda de 05 pp na comparação com janeiro. No ano, o recuo é de 1,1 pp.

ver mais notícias