Grupo RBS anuncia venda de suas operações em Santa Catarina

SÃO PAULO – O grupo RBS, empresa de comunicação multimídia e afiliada da Rede Globo, anunciou nesta segunda-feira a venda de suas operações de televisão, rádio e jornais em Santa Catarina. De acordo com nota divulgada pelo grupo, os acionistas da RBS e os empresários Lírio Parisotto e Carlos Sanchez, juntamente com outros investidores, chegaram a um acordo para a transferência de controle dos ativos catarinenses. O valor do negócio não foi divulgado, mas o mercado estima que seja algo próximo de R$ 1 bilhão. A conclusão da venda ainda depende da aprovação dos órgãos regulatórios.

A venda inclui as emissoras RBS TV em Florianópolis, Blumenau, Joinville, Centro-oeste, Chapecó e Criciúma, os jornais Diário Catarinense, Hora de Santa Catarina, A Notícia e Jornal de Santa Catarina e as rádios CBN Diário, além das emissoras da Itapema e Atlântida. O Grupo RBS estava em Santa Catarina desde 1979 e agora passa a concentrar suas operações no Rio Grande do Sul, onde foi fundado em 1958. Estão sob seu controle marcas como Zero Hora, Rádio Gaúcha e RBS TV. O grupo também é proprietário da e.Bricks, empresa de investimento digital que no Brasil e nos Estados Unidos.

Entre os novos controladores, o empresário Lírio Parisotto atua na área de mídia por meio de sua empresa Videolar, no setor de petroquímica a partir da Innova, adquirida da petrobras, e sócio minoritário da Usiminas. Carlos Sanchez, do Grupo NC, é dono de um dos maiores laboratórios farmacêuticos genéricos do Brasil. Durante o anúncio do acordo de venda, os compradores afirmaram que não haverá mudanças na linha editorial dos veículos.

– Nenhuma grande mudança será feita nestas empresas. Nosso desafio será dar continuidade ao grande trabalho iniciado pela família Sirotsky – afirmou Lírio Parisotto.

O anúncio da transação foi feito na redação do Diário Catarinense e contou com representantes de várias gerações de acionistas da RBS. Estavam presentes, Nelson Sirotsky, o primeiro a comandar as operações da empresa em Santa Catarina; Pedro Sirotsky, que também esteve à frente da RBS no estado e o presidente do grupo, Eduardo Sirotsky Melzer. Foi anunciado o nome de Mario Neves, atual diretor-geral da RBS TV Santa Catarina, como novo presidente das operações no estado.

Em nota, a RBS informa que “orgulha-se de ter criado milhares de empregos no Estado e dos investimentos para levar informação e entretenimento de qualidade ao público. A atuação em rede promoveu Santa Catarina para o país e deixou gaúchos e catarinenses ainda mais próximos. A empresa, seus colaboradores e acionistas são muito gratos por tudo que aprenderam com os catarinenses. Uma relação fraterna que jamais será rompida”.

ver mais notícias