Food truck ganha primeira feira de negócios no Rio

RIO – O food truck ganha sua primeira feira de negócios com a promessa de movimentar alguns milhões. Localizado no Centro de Convenções SulAmérica, o evento começa no sábado, dia nove de abril, com 40 expositores e a expectativa de receber três mil pessoas. Os caminhões vendendo comida são hoje uma das opções mais populares entre os empreendedores, cujo investimento pode variar entre R$ 30 mil e R$ 200 mil.

– É a primeira feira de negócios para pessoas que desejam abrir um food truck, agrega negócios e une fornecedores da cadeia produtiva – afirma Gleidson Machado, CEO da PUG Eventos. – Muitos consumidores passaram a buscar os caminhões como forma de acesso a alimentos mais sofisticados e a preços acessíveis. Ainda mais fortalecidos com o Decreto Nº 39709 de 2 de janeiro de 2015, que regulamenta e ajusta as normas de comercialização e utilização do comércio de alimentos em veículos sobre rodas.

O Nômade Truck, acostumado a circular por diversas feiras e eventos gastronômicos do Rio, foi idealizado pela Chef Andreia Constantino, com um cardápio inspirado na comida latina. Um dos destaques é o Sanduíche Cubano, a base de pernil desfiado marinado no molho de limão e laranja, com molho chimichurri, picles, molho mostarda e queijo, servido no pão ciabatta.

– Acredito que um evento de Food Truck como esse movimenta a economia criativa do Rio, trazendo comida de rua com qualidade para cariocas e turistas da cidade – afirma Andreia Constantino, presidente da Associação de Comida Artesanal Sobre Rodas e chef do Nômade Truck.

Christian Goldberg, diretor Comercial da Fermatec, diz que a feira irá proporcionar um “bom networking entre empreendedores que pensam iniciar um novo desafio”.

– O negócio de food truck está atraindo pessoas com bons níveis de instrução, temos clientes como engenheiros e programadores que decidiram investir por enxergar falta de segurança e estabilidade no mercado de trabalho. A Feira irá atrair muitos empreendedores que não tem ideia de como começar o negócio, e acredito que poderá sair de lá sem dúvidas e com um grande desejo de iniciar no ramo – atesta Christian.

Já a MCI, empresa especializada em tecnologia para indústria de alimentos, levará uma opção versátil e eficaz na primeira feira de negócios do Rio de Janeiro, a Food Truck Business: a máquina de salgados Mini Festa. Com custo em torno de R$ 13 mil, o food truck produz aproximadamente 600 salgados por hora.

– Pensamos em um produto que pudesse suprir as necessidades do pequeno e médio empreendedor e que fosse capaz de se adequar às diferentes situações cotidianas, como é o caso dos donos de Food Trucks – explica Bruno Pereira, coordenador de marketing da MCI.

ver mais notícias