FMI pede transição suave para saída do Reino Unido da UE

WASHINGTON – Christine Lagarde, diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), divulgou uma nota na manhã desta sexta-feira, em Washington, em que pede o apoio da União Europeia e das autoridades inglesas para que a transição do Reino Unido para fora da União Europeia, conforme decidido por plebiscito nesta quinta-feira, seja “suave”. Ela também afirma que o Fundo vai monitorar a volatilidade financeira global. Abaixo, a íntegra da nota:

“Acompanhamos a decisão do povo do Reino Unido. Instamos as autoridades do Reino Unido e da Europa a trabalharem em colaboração, para garantir uma transição suave para uma nova relação econômica entre o Reino Unido e a União Europeia, incluindo a esclarecimento dos procedimentos e objetivos gerais que nortearão o processo. Apoiamos firmemente os compromissos do Banco da Inglaterra e do Banco Central Europeu (BCE) de fornecer liquidez ao sistema bancário e reduzir o excesso de volatilidade financeira. Vamos continuar a acompanhar de perto e estamos prontos para apoiar os nossos membros, conforme necessário”.

ver mais notícias