Fazenda diz que economia vai reagir com medidas do governo Temer

BRASÍLIA – O Ministério da Fazenda comentou o resultado do PIB do primeiro trimestre de 2016 – que registrou queda de 0,3% – por meio de uma curta nota à imprensa na qual afirma que o resultado se deve a fatores domésticos. Segundo o texto, os números confirmam ” a continuidade da mais intensa recessão da história, a qual, dentre outros aspectos, gerou um contingente de 11 milhões de desempregados”.

O texto destaca ainda que nos próximos trimestres a economia vai reagir como “consequência da implementação tempestiva de iniciativas recentemente anunciadas”.

ver mais notícias