Endividado? Mutirão de renegociação ajuda consumidor no Centro do Rio

RIO – Com o objetivo de ajudar o consumidor a tirar o nome da lista de devedores às vésperas do Dias das Mães — a segunda data mais importante para o varejo brasileiro —, o Clube de Diretores Lojistas do Rio de Janeiro (CDLRio) e o Procon-RJ farão um mutirão de renegociação direta com os credores das 9h às 18h desta sexta-feira no Largo da Carioca. É uma chance de quem está devendo sair do cadastro de inadimplentes, melhorar o perfil da dívida e recuperar o crédito para voltar a consumir.

De acordo com os registros do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) do CDLRio, só no comércio lojista do Rio, a inadimplência cresceu 1,1% no primeiro trimestre em relação ao mesmo período de 2015. Já o total de dívidas quitadas, que mostra o número de consumidores que colocaram em dia suas compras atrasadas, diminuiu 1,6%. Por outro lado, as consultas ao SCPC, que indicam o movimento das vendas do comércio, registrou uma queda de 8,1%.

Há mais de cinco anos, o CDLRio faz mutirões de renegociação direta. Os eventos ocorrem geralmente antes de datas importantes para o comércio varejista ou quando a taxa de inadimplência cresce. O último ocorreu pouco antes do Natal, quando foram atendidas cerca de 5 mil pessoas. A expectativa é que este número seja superado amanhã.

— Nossa expectativa é muita boa. Ao unir credor e devedor, procuramos facilitar as condições para um acordo. A maioria dos devedores não o são por má-fé. São pessoas que perderam seus empregos, que passam por algum tipo de dificuldade. O objetivo também é trazer de volta para o mercado esse consumidor que está com o nome negativado — afirma Aldo Gonçalves, presidente do CDLRio.

Empresas dos segmentos varejista, financeiro e concessionárias de telefonia e energia elétrica e o SCPC darão atendimento em um espaço montado no Largo da Carioca especialmente para isso. Caso o consumidor tenha dívidas com uma empresa que não tenha representantes no local, pode receber orientações de atendentes do Procon-RJ sobre como negociar os débitos de forma mais simples.

As grandes redes varejistas estarão representadas no mutirão de renegociação pelo SCPC. Também estarão presentes, segundo o CDLRio, as maiores operadores de telefonia, como Claro, Oi, Vivo e TIM. Empresas de cartão de crédito, assim como as que fazem financiamento via carnê ou cartão de lojas estarão no Largo da Carioca amanhã.

Para Gonçalves, o mutirão é positivo para credores e devedores:

— O importante é que a negociação seja honesta e transparente de ambas as partes. As empresas têm de estar dispostas a abrir mão de juros ou multa. É bom porque vão recuperar parte do que têm a receber e o cliente volta ao mercado. Mas a negociação depende de cada empresa. Já o consumidor tem de dizer o quanto pode pagar, assim, voltar a ter crédito.

ver mais notícias