Eletrobras poderá ter executivo de mercado na presidência, diz ministro

RIO – O ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, disse que o governo discute escolher um profissional de mercado para assumir a Eletrobras, num modelo similar ao utilizado na Petrobras. Ele negou, contudo, que o governo tenha recebido cartas demissionais dos presidentes da Eletrobras, José Costa, e de Furnas, Flávio Decat.

Coelho destacou que o governo está comprometido com a modificação do marco regulatório do petróleo e que já trabalha para que a 14ª Rodada de Leilões não repita o baixo volume de negócios registrado na última.Realizada em outubro de 2015, a 13ª rodada teve menos de 15% dos blocos arrematados.

— Faremos modificações para estimular a participação no leilão. Não queremos que a 14ª rodada seja como a 13ª, o primeiro leilão em que a Petrobras não foi o maior participante — disse Coelho.

Ele reconhece que a indústria vem apresentando demandas em relação às regras de conteúdo local, que pode chegar a uma exigência de 65% do total de máquinas e equipamentos utilizados em projetos de operadoras de petróleo no Brasil.

— Vamos trabalhar avaliando as condições e com a preocupação com a cadeia de fornecedores, a geração de emprego e renda — afirmou o ministro.

ver mais notícias