Dilma diz que desemprego alto era do governo FH

BRASÍLIA – A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta quarta-feira que o “maior desemprego” ocorreu na época do então presidente Fernando Henrique Cardoso, ao ser perguntada sobre a taxa de desocupação de 8,2% nas grandes metrópoles em fevereiro — a maior para o mês desde 2009. Dilma voltou a ressaltar a importância econômica de evitar-se um “golpe”, ao se referir ao processo de impeachment de seu mandato na Câmara.

— O maior desemprego foi na época do Fernando Henrique Cardoso. E esse desemprego de 8,2% é um desemprego grande em relação ao mínimo que nós chegamos no meu governo, que foi 4,6% — disse a presidente na manhã desta quarta-feira, quando visitou obras de infraestrutura de solo para operação de satélite no Centro de Operações Espaciais.

Para Dilma, a inflação já mostra “todos os sinais de declínio”, e o governo está empenhado em voltar a fazer o país crescer. Para isso, a presidente defendeu a continuidade do seu mandato, que tem sido alvo de “tentativa sistemática de golpe”.

— A boa notícia é que inflação já mostra todos os sinais de declínio — disse. — O grande esforço para fazer o Brasil voltar a crescer é estabilidade política. É parar com a tentativa sistemática de golpe.

O salto de 2,4 pontos percentuais da taxa de desemprego, em relação ao mesmo mês do ano passado, é a maior alta entre fevereiro de toda a série histórica, iniciada em 2002.

ver mais notícias