Dólar cai e vale R$ 3,398 e Bolsa sobe 1,56% com virada no ‘Brexit’

RIO – O dólar comercial opera em queda de 0,67% nesta segunda-feira, cotado a R$ 3,398 para venda, menor nível em mais de duas semanas. Na mínima, chegou a R$ 3,375. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), por sua vez, sobe 1,56%, aos 50.304 pontos. O mercado local segue o clima de alívio dos mercados externos com a aumento da probabilidade de permanência do Reino Unido na União Europeia.

A probabilidade implícita de permanência do Reino Unido na União Europeia, medida pelas casas de apostas, subiu para 78% nesta segunda-feira, ante uma margem de 60% a 67% na sexta-feira, informou a Betfair.

Além disso, as últimas pesquisas de opinião mostram vantagem da campanha pela permanência. Uma delas, publicada no jornal “The Mail On Sunday” mostrou vantagem de três pontos do lado pró-UE. Outra pesquisa publicada pelo “The Sunday Times” mostrou um ponto de vantagem.

O Reino Unido votará na próxima quinta-feira em um referendo sobre a permanência ou não na União Europeia, e as pesquisas na semana passada davam vantagem à saída. A morte da parlamentar Jo Cox na quinta-feira, no entanto, parece ter feito com que a permanência ganhasse terreno no fim de semana.

Na sexta-feira, o dólar comercial já havia caído 1,44% contra o real, a R$ 3,421, refletindo o maior apetite para risco do mercado global com a percepção de que diminuíram as chances de o Reino Unido deixar a União Europeia.

No mercado europeu, a virada no “Brexit” leva as Bolsas a dispararem. O índice de referência Euro Stoxx 50 registra valorização de 3,36%, enquanto a Bolsa de Londres tem alta de 3,27%. Em Paris, o pregão dispara 3,53%, e em Frankfurt, 3,46%.

Em Wall Street, o Dow Jones avança 1,42%, enquanto o Nasdaq tem alta de 1,37%.

Entre as ações brasileiras, as “blue chips” (papéis de mais peso e liquidez) operam em alta superior a 2%. A Petrobras ON avança 2,98% (R$ 11,72), enquanto a PN tem alta de 2,01% (R$ 9,14). A Vale ON tem alta de 1,89% (R$ 15,57), e a PNA sobe 1,71% (R$ 12,48).

O Banco do Brasil ON sobe 3,62% (R$ 16,57), e o Bradesco PN tem alta de 1,65% (R$ 24,63). O Itaú Unibanco sobe 1,79% (R$ 29,44).

— Aqui no Brasil, pouca coisa aconteceu a ponto de influenciar o mercado, estamos com o Congresso emperrado… Logo, estamos sendo impactados pelas pesquisas de opinião sobre o referendo, que influenciaram o mercado lá de fora —disse Ari Santos, gerente de mesa Bovespa da corretora H. Commcor.

As ações da Oi despencam 6,71% (ON, a R$ 1,25) e 9,09% (PN, a R$ 1,00), em meio às tentativas da empresa de chegar a um acordo com seus credores.

ver mais notícias