Dólar cai a R$ 3,51 com alta do petróleo e BC ausente do mercado

RIO – O dólar comercial opera em queda de 0,73% nesta quinta-feira, cotado a R$ 3,516 para compra, com o real seguindo a tendência de fortalecimento de outras divisas emergentes em dia de forte alta do petróleo. Ajuda a moeda brasileira o fato de o Banco Central (BC) não ter promovido nenhum leilão de compra de dólares hoje. No mercado acionário, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) avança 0,78%, aos 52.962 pontos.

Ontem, quando também não houve atuação do BC, a moeda americana registrou desvalorização de 0,78% ante o real, a R$ 3,542 na venda.

O barril do petróleo do tipo Brent sobe 3,90%, a US$ 46,37, depois da divulgação de números que mostraram a maior queda semanal em oito meses da produção da commodity nos EUA e após o Irã afirmar que pretende acompanhar outros países produtores no esforço para congelar a produção assim que recuperar a fatia do mercado que detinha antes do embargo.

Historicamente, a valorização do preço do petróleo tende a depreciar o dólar e vice-versa. Já as moedas de países produtores da commodity costumam ganhar força acompanhando a alta do petróleo. Hoje, as divisas que mais ganham sobre o dólar são a lira turca, o rublo russo, o real e os pesos colombiano e mexicano.

ver mais notícias