Centrais sindicais protestam contra juros altos em São Paulo

SÃO PAULO — Trabalhadores ligados à Força Sindical e à União Geral dos Trabalhadores (UGT) protestaram na manhã nesta terça-feira contra os juros altos. O ato reuniu cerca de 50 pessoas que ocuparam a calçada em frente à sede do Banco Central, em São Paulo, na Avenida Paulista.

O Comitê de Política Monetária (Copom) se reúne hoje e amanhã para decidir sobre a mudança ou manutenção da taxa básica Selic, que está em 14,25% ao ano.

No protesto, os sindicalitas inflaram um dragão de treze metros de altura e três cabeças, que representam a inflação o desemprego e os juros altos, segundo os manifestantes. A intenção, de acordo com a Força Sindical, é alertar sobre a “tríade que forma o pesadelo do povo brasileiros”.

ver mais notícias