Casino diz que mantém plano de redução de dívida após rebaixamento

PARIS – O grupo Casino disse nesta segunda-feira que está no caminho de reduzir sua dívida como prometido, depois da agência de classificação de risco Standard & Poor’s cortar a recomendação de crédito do grupo varejista para “junk”, citando queda de lucro, fraqueza no Brasil e competição em seu mercado doméstico. A empresa varejista francesa controla o Grupo Pão de Açúcar no Brasil.

O Casino disse que a decisão da agência de conferir um rating “BB+”, que é o grau especulativo mais alto, com perspectiva estável, adiciona antes de impostos menos de € 20 milhões ao custo de sua dívida em bônus neste ano, sem efeito em sua liquidez.

Após o rebaixamento, as ações do grupo chegaram a cair 4,8%, mas a queda desacelerou. A S&P afirmou que pode considerar uma “medida de qualificação negativa” se o Casino não reduzir dua dívida com receitas derivadas de vendas de ativos previstas ou se a empresas aumentar substancialmente os dividendos pagos aos acionistas

O Casino também confirmou a previsão de lucro recorrente para o ano, divulgada mais cedo neste mês para sua divisão na França, assim como “a contínua e rápida implementação de plano de desalavancagem”.

A empresa disse que importantes vendas na Ásia estão progredindo e a conclusão da venda de participação de 58,6% na unidade tailandesa Big C Supercenter por € 3,1 bilhões é iminente. A companhia também informou que a venda de ativos no Vietnã está progredindo bem. Com as operações, Jean-Charles Naouri, CEO da empresa, espera economizar € 4 bilhões.

ver mais notícias