Brasil só perde para Ucrânia e Venezuela em desempenho econômico

SÃO PAULO – O encolhimento de 3,8% do PIB em 2015 vai consolidando a posição do Brasil entre as economias com pior desempenho no planeta. No ranking de desempenho do PIB, elaborado pela Austin Rating, que contempla 32 países, o Brasil aparece na 30ª posição.

Como ocorrera nos três primeiros trimestres de 2015, novamente a economia brasileira só não teve pior desempenho do que a Ucrânia, que amargou retração de 6,4% no ano passado, em função do conflito militar com a Rússia; e a Venezuela, cujo PIB caiu em meio à profunda crise econômica, que se agravou com a queda no preço do barril do petróleo.

_ O cenário de recessão, definitivamente, está confirmado com o resultado do acumulado de 2015 e, muito provavelmente, também ocorrerá em 2016. A nossa estimativa é de queda de 2,9% para o PIB de 2016, e provável crescimento, mesmo que medíocre, para 2017 _ diz o economista-chefe da Austin Rating, Alex Agostini, responsável pela elaboração do ranking.

Se confirmadas as estimativas para 2016, este será o biênio com o pior desempenho econômico do Brasil em 85 anos, destaca Agostini.

_ A última vez que o Brasil anotou queda do PIB por dois anos consecutivos foi em 1930 (-2,1%) e 1931 (-3,3%), refletindo, em parte, o crash da bolsa de Nova York em 1929, e o ambiente político nacional conturbado com o fim da oligarquia paulista devido à Revolução de 1930 _ lembra.

ver mais notícias