Barbosa diz que reforma da Previdência está na agenda no governo

BRASÍLIA. O ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, afirmou que a reforma da Previdência Social continua na agenda do governo. Ao participar de audiência pública no Congresso nesta terça-feira, Barbosa foi questionado pelo senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES) sobre a falta de consenso sobre o assunto dentro do PT e do próprio governo.

_ Só o senhor fala na reforma da Previdência, ministro. Não tem unidade no governo e em seus aliados. Se o governo não se entende com sua base, como vai se entender com a sociedade brasileira? _disse Ferraço.

Barbosa rebateu dizendo que as mudanças no sistema de aposentadorias estão sendo discutidas no Fórum da Previdência. Segundo ele, após a conclusão do debate, o governo vai construir uma proposta e encaminhá-la ao Congresso quando achar adequado. O ministro admitiu que a crise política afeta o andamento da agenda econômica, mas disse que o governo não pode ficar paralisado:

_ A reforma permanece como item da agenda do governo. Há concordância (na base e no governo) de que é preciso preservar o principal programa social do Brasil, que é a Previdência. Há diferenças sobre como fazer e em que tempo. Mas o governo não pode ficar paralisado. Tenho dito que precisamos agir com a urgência necessária, mas também com tranquilidade.

O ministro afirmou ainda que o governo precisa da ajuda do Congresso para fazer avanços na agenda de reformas:

_ Existe um limite do que o governo pode fazer por meio de decretos e portarias.

ver mais notícias