Bandeira tarifária das contas de luz continua verde em junho

BRASÍLIA – A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) definiu nesta terça-feira que a bandeira tarifária permanecerá na cor verde em junho, o que significa que os consumidores de eletricidade não terão cobrança extra em suas contas de luz.

Desde abril, a bandeira está no nível verde, por conta da melhor condição dos reservatórios das hidrelétricas, da queda do consumo com a recessão da economia e com a entrada em operação de novas usinas.

A cobrança pelo sistema de bandeiras tarifárias está em vigor desde o ano passado. Atualmente, na condição amarela, a conta seria acrescida em R$ 1,50 a cada 100 quilowatt-hora (kWh) consumidos. Esse valor sobe a R$ 3,00 quando vigorar a bandeira vermelha no patamar 1 e a R$ 4,50 no patamar 2.

Amanhã, deve ocorrer a primeira reunião do Comitê de Monitoramento do Sistema Elétrico (CMSE) no governo Michel Temer. É o CMSE que define o acionamento ou desligamento de usinas termelétricas mais caras, quando necessário, o que acaba indicando o nível das bandeiras tarifárias.

ver mais notícias