Balança comercial tem melhor resultado em 27 anos para fevereiro

BRASÍLIA – A balança comercial apresentou, em fevereiro, um saldo positivo (exportações maiores do que importações) de US$ 3,04 bilhões, o melhor resultado para o mês em 27 anos. No ano, até agora, o resultado é superavitário em US$ 3,9 bilhões, revertendo o déficit apresentado no mesmo mês de 2015. Nos dois primeiros meses do ano, o Brasil vendeu US$ 24,59 bilhões (uma retração de 4,7% frente a 2015) e comprou US$ 20,6 bilhões (uma queda de 35,1%).

Em fevereiro, as exportações somaram US$ 13,34 bilhões. O valor representa um crescimento de 4,6% frente a 2015 e é a primeira alta em 17 meses. O último crescimento havia sido em agosto de 2014, na comparação com agosto de 2013. O saldo de fevereiro é resultado de um aumento nas exportações tanto de bens semimanufaturados (14%) quanto de manufaturados (7,9%). Nesses casos, ajudaram a balança, sobretudo, as vendas de tubos flexíveis de ferro/aço (531,1%), etanol (244,8%), açúcar em bruto (121,6%) e suco de laranja congelado (83,2%).

O grupo de produtos básicos, no entanto, teve retração de 0,5% nas exportações. Isso porque houve uma forte queda nas vendas de minério de ferro (-48,8%), petróleo em bruto (-28,2%) e café em grão (-23,8%). No mês, cresceram as vendas de produtos brasileiros, principalmente, para a África e para a Ásia.

ver mais notícias