Terminal pesqueiro de Manaus pode ser fechado a qualquer momento, avalia o vereador Álvaro Campelo

 
 Após a entrega de documento ao Superintendente do Ministério da Agricultura, Pesca e Abastecimento no Amazonas, engenheiro Guilherme Pessoa, na tarde da última sexta-feira (26), o vereador Álvaro Campelo (PP), presidente da Comissão de Defesa do Consumidor (Comdec), da Câmara Municipal de Manaus, resumiu em entrevista, a grave situação em que se encontra o Terminal Pesqueiro de Manaus, e admitiu que “em persistindo o quadro atual, o Terminal Pesqueiro de Manaus corre o sério risco de fechar, pois há alguns meses tenho recebido demandas de pessoas que trabalham naquele local, com desesperados pedidos de ajuda”.
 
Os depoimentos que ouvimos nos leva a ter certeza de que, a qualquer momento, aquela balsa onde funciona o Terminal Pesqueiro  pode ir para o fundo, além de outras questões estruturais, como parte do prédio onde deveria funcionar o frigorífico, cujo piso apresenta fissuras profundas, a parte elétrica do terminal está totalmente deteriorada, colocando as pessoas que lá estão correndo o risco permanente de serem eletrocutadas.
 
“Então, não é exagero nenhum dizer que que a qualquer momento aquele terminal pode fechar”, voltou a pontuar o vereador, porque além de todos os problemas já citados, soma-se as também graves denúncias de que o local é ponto de venda e consumo de drogas e de prática de prostituição, inclusive envolvendo menores”, acrescentou o vereador.
 
O parlamentar considerou o encontro “extremamente positivo, à medida em que avançamos, embora a passos lentos, para uma solução para o Terminal Pesqueiro, que do jeito em que se encontra, não proporciona a mínima condição de dignidade para quem ali trabalha”, a avaliou que as reuniões que tem sido realizadas para tratar do assunto, envolvendo diversas instituições e órgãos ligados ao setor, estão construindo um caminho sólido para que o problema seja solucionado dentro do mais curto tempo possível.
 
Além do presidente da Comdec-CMM, assinaram o documento que pede providências urgentes com relação do Terminal Pesqueiro de Manaus, Ronildo Palmere, Presidente do Sindicato dos Pescadores do Amazonas; Thomás Silva, Representante da Companhia de Abastecimento – CONAB; Fábio Henrique dos Santos, Secretário de Produção e Abastecimento de Manaus; Pedro Neto, Sindicato dos Armadores de Pesca do Estado do Amazonas; David Lima, Presidente do Sindicato dos Feirantes; Estevão Ferreira da Costa, da União Nacional das Cooperativas de Agricultura Familiar e Economia Solidária; Renilton Solarth, representante da Secretaria de Produção Rural do Amazonas; Geraldo Bernardino, Secretário Adjunto de Pesca e Aquicultura do Estado do Amazonas; Anatalício Barros dos Santos, da Federação dos Pescadores do Estado do Amazonas.
ver mais notícias