Propostas de emendas ao Orçamento foram realmente participativas, diz Luiz Castro

 
As mais de 90 propostas de emendas ao Orçamento 2017 – apresentadas pelo deputado estadual Luiz Castro (Rede) realmente tiveram a participação da sociedade. Diversas reuniões com os segmentos da saúde, educação, esporte e lazer e proteção às crianças e adolescentes, entre outros, aconteceram com representantes de entidades ligadas aos temas.

 
“Promovi debates na capital e, apesar da falta de tempo hábil para ir ao interior, fizemos diálogos com os municípios. Tivemos o cuidado de colocar Emendas tanto para Manaus quanto para os outros municípios, como Envira, Eirunepé e Apuí. Essas propostas mostram que é importante o orçamento ser mais participativo e espero que meus colegas parlamentares também tenham percebido isso”, assinalou Luiz Castro.
 
Dentre as Emendas apresentadas estão os apoios aos Conselhos Tutelares para a aquisição de equipamentos, como maquinário eletrônico; montantes para auxiliar institutos socioambientais; além de uma quadra de esportes em escolas do interior, como Envira e Eirunepé; e apoio para as vicinais de Apuí.
 
Luiz Castro destacou que várias propostas visam o fortalecimento de políticas públicas para grupos prioritários, como crianças, adolescentes e idosos, Pessoas com Deficiência (PcD) e pessoas vivendo com HIV/AIDS e Tuberculose. Alguns orçamentos são para aquisição de veículos e outros equipamentos para instituições que trabalham direto com quem precisa.
 
Educação e segurança
 
Uma Emenda para a Universidade Aberta da Terceira Idade (Unati), da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) servirá para a construção de um laboratório para pesquisas sobre envelhecimento, nutrição, medicamentos, qualidade de vida e segurança alimentar dos idosos.
 
A situação precária do Instituto de Criminalística do Amazona não passou despercebida pelo deputado Luiz Castro: há uma Emenda para auxiliar na compra de equipamentos e maquinário para o Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC).
 
“O trabalho pericial é de suma importância para todos, porque envolve questões variadas, de ambientais a criminais, como os Direitos Humanos. Estamos apoiando a Emenda e conversaremos com outros parlamentares sobre o tema”, salientou o parlamentar.
ver mais notícias