Omar Aziz vai ao Ministério das Minas e Energia contra apagão e reajuste na energia

30885229875_7a822bc1c1_oO Senador Omar Aziz (PSD-AM) anunciou que vai acionar o Ministério das Minas e Energia em busca de informações sobre os recentes apagões em Manaus e municípios da Região Metropolitana. Um dia antes do mais recente blecaute, na última quarta-feira (30), a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou um reajuste de 21,57% para os consumidores residenciais do Amazonas.

“Aumento de 21% na conta de energia e apagões todos os dias. Essa é mais uma herança maldita do governo anterior que, em dado momento, chegou a anunciar R$ 6 bilhões de investimentos em energia só no Amazonas. Não fez absolutamente nada. A população e nossa cambaleante economia já não suportam mais isso”, criticou o Senador.
Na última quarta-feira, todas as zonas de Manaus ficaram sem o fornecimento de energia elétrica durante um período do dia. Segundo a Eletrobras, ocorreu o desligamento do Linhão 500kV Tucuruí-Manaus no trecho Oriximiná-Silves. Além da capital, as cidades de Iranduba, Manacapuru e Presidente Figueiredo foram afetadas. O corte de luz causou desligamento de semáforos e congestionamentos em várias partes de Manaus.
Líder do Bloco Parlamentar Democracia Progressista, Omar Aziz deve se reunir com os parlamentares do Amazonas no início da próxima semana para debater o assunto. “Acabei de falar com o deputado Átila Lins, coordenador da bancada, para convocar nossos parlamentares para irmos ao Ministério de Minas e Energia. O presidente Temer precisa tomar conhecimento dessa situação”, ressaltou Omar Aziz.
De acordo com a Eletrobras Distribuição Amazonas, os novos valores devem começar a ser cobrados em dezembro, proporcional e gradativamente, conforme o ciclo de faturamento e vencimento de cada cliente.
 
Foto: Ariel Costa
ver mais notícias