"O fantasma do passado que assustava e conspirava contra Zona Franca", revela livro de FHC ex-presidente do Brasil

Cotado para assumir o Ministério da Fazenda num eventual governo Michel Temer (PMDB), o senador José Serra (PSDB-SP) deve ser a principal preocupação do Amazonas, caso seu nome seja confirmado ao cargo.

O tucano tem histórico de ação para enfraquecer a Zona Franca de Manaus (ZFM) todas as vezes que ocupou cargos que lhe davam poder de investir contra o principal modelo de desenvolvimento regional do Estado.

Quando governador de São Paulo, entre 2007 e 2010, José Serra empreendeu fortes medidas para beneficiar a indústria paulista, mas essas medidas representavam o enfraquecimento do Amazonas. Agiu assim tirando a competitividade dos produtos do Polo Industrial de Manaus.

Fez isso ao sobretaxar em 6% itens de bens de informática vendidos em São Paulo, principalmente celulares e monitores digitais, o que enfraqueceu o setor no Amazonas.

Por causa disso, Serra foi fortemente criticado, mas não recuou e o caso foi levado ao Supremo Tribunal Federal (STF) em Ação Direta de Inconstitucionalidade proposta pelo então governador Eduardo Braga (PMDB).

Em 1995, como então ministro do Planejamento do governo FHC, José Serra já havia exibido suas garras contra a Zona Franca. Por várias vezes, o tucano paulista ensaiou medidas para criar embaraços à indústria amazonense.

Essas situações foram reveladas recentemente pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso no livro “Diários da Presidência”, lançado no ano passado, no qual FHC conta como, sorrateiramente, seu auxiliar agia contra a ZFM e o que ele fez para abortar as investidas do ministro Serra. Saiba mais.

Conforme o livro, Serra só não levou a cabo seu projeto de acabar com o modelo regional porque encontrou pela frente o ex-governador Amazonino Mendes, que gozava de grande influência na gestão tucana e que se impôs, nos bastidores, para barrar as investidas de Serra.

Leia abaixo três passagens do livro de FHC que tratam das investidas do possível futuro ministro da Fazenda contra a indústria do Amazonas:

29 DE MARÇO A 14 DE ABRIL DE 1995

Página 111 – O Serra queria mexer na Zona Franca de Manaus, eu disse que isso não era possível agora, porque iria para lá no fim de semana, passaria pela Zona Franca, haveria uma enorme pressão. Só podem ser tomadas medidas gerais, não específicas sobre uma região.

1º DE MAIO DE 1995

Forcei o Serra a ter um encontro com o Amazonino

Página 128– Forcei o Serra a ter um encontro com o Amazonino Mendes para explicar o que faremos em relação à Zona Franca: vamos tomar medidas de controle da importação pela Zona Franca através do controle cambial. Serra disse que ia ser feito de surpresa, não concordei. “Chame o Amazonino, explique para ele”. O forte do Real foi a nossa capacidade de convencer, de não enganar ninguém, e agora que conseguimos vencer na votação sobre a Previdência, é preciso também esclarecer o que se vai fazer nessa área.

O Amazonino ficou irritado

Página 132 – O Serra, autorizado por mim, teve uma conversa com Amazonino Mendes. Serra, Malan e Dorothea acertaram os pontos. Serra me disse que o Malan não abriu a boca. Ele, Serra, assumiu a liderança e me disse que estava tudo certo. O Amazonino também me confirmou por telefone, mas publicaram o decreto e ele ficou irritado, já que tinha entendido que seria uma negociação administrativa, porque ninguém dissera que haveria decreto. Ou seja: tive que entrar de novo na jogada. Hoje a Dorothea me procurou e disse que Amazonino tinha razão, que o Serra nunca falou em decreto. Mais uma vez a desconfiança que o Serra tem de quase todo mundo leva a que jogue de surpresa, e isso não dá bom resultado. Hoje, novas reuniões. No fim da tarde, Bernardo Cabral e Amazonino estiveram comigo e a situação ficou contornada. Não sei exatamente de que maneira, mas parece que houve alguma flexibilidade da parte da área econômica. Vai haver restrição das importações da Zona Franca, mas no nível menor.

Conteúdo Portal BNC – Neuton Correa

Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

ver mais notícias