Nova eleição direta para Governador é para ser feita imediatamente

Por 5 a 2, o mandato do governador José Melo (Pros) e do seu vice Henrique Oliveira (SD) foi cassado em julgamento de recurso no pleno do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na manhã desta quinta-feira, dia 4 de maio de 2017.

Os ministros Luís Barroso, Edson Fachin, Herman Benjamin, Admar Gonzaga e Rosa Weber, esta presidindo a sessão, contrariaram o voto do relator Napoleão Nunes Filho e da ministra Luciana Lóssio.

O acórdão do julgamento é pela realização imediata de nova eleição direta. A defesa de Melo anunciou que vai entrar com embargo de declaração da sentença para manter o governador no cargo até a realização do pleito.

ver mais notícias