MTST fecha rodovias em ato contra o impeachment

Mais de 30 rodovias e avenidas do país foram bloqueadas na manhã desta quinta-feira pelo Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST). Só em São Paulo, são 14 pontos de interdição, o maior deles nos sentidos lados da Rodovia Regis Bitencourt (Rodoanel), na altura de Taboão da Serra. Pneus e sacos de lixo foram queimados e o trânsito, interditado nos dois sentidos, provoca lentidão na cidade. No Rio de Janeiro, houve manifestação na entrada da ponte Rio-Niterói na BR 101 e na Avenida Brasil, próximo a São Cristóvão. O MTST protesta ainda em Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Goiás, Ceará, Pernambuco e no Distrito Federal.

Ainda na cidade de São Paulo, os manifestantes fecharam a pista local da Marginal Tietê, próximo ao Sambódromo, na Zona Norte. Há bloqueio no Morumbi, Zona Sul, na Avenida Giovanni Gronchi. Duas pistas da rodovia Rodovia Raposo Tavares também foram fechadas.

“O objetivo da mobilização é denunciar o golpe em curso no país e defender os direitos sociais, que entendemos estarem ameaçados pela agenda de retrocessos apresentada por Michel Temer caso assuma a presidência” , diz nota enviada pelo MTST.

ver mais notícias