Governador David Almeida estreita parceria com representantes do BID

Durante encontro com representantes do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), na noite dessa segunda-feira (26), o governador Davi Almeida alinhou a parceria com um dos maiores investidores em obras de infraestrutura, saneamento básico e educação do Estado.  Na reunião, Davi Almeida destacou a importância do BID para o desenvolvimento do Estado, levando em conta a colaboração da instituição em importantes projetos sociais, ambientais e de infraestrutura do Estado.

O  BID possui contrato de operação de crédito com o Governo do Amazonas no valor de US$ 151,180 milhões, por meio do Programa de Aceleração do Desenvolvimento da Educação do Amazonas (Padeam), para investimentos na educação e ampliação de programas de gestão e qualidade do ensino, além de ser o financiador do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim).

“O BID tem contribuído para o crescimento e desenvolvimento de nosso Estado. As escolas e tempo integral têm financiamentos do BID. E nessa reunião buscamos consolidar essa parceria para termos acessos a novos recursos e contribuirmos com mais projetos em nosso Estado, pois estamos trabalhando para futuras parcerias com a instituição”, destacou o governador que, em maio deste ano, assinou o aviso de licitação para a construção do Centro Educacional de Tempo Integral do município de Tefé, um dos 12 Cetis financiados com recursos do Padeam/BID.

O diretor presidente do BID no Brasil, Antonio Henrique Pinheiro, afirmou que os projetos executados no Estado se tornaram referenciais para o Banco em outras localidades do mundo. Ele explicou que a proximidade do governador Davi Almeida com a comitiva foi importante para estreitar as relações de investimentos. “O BID tem parceria de longas datas no Governo do Amazonas e vem colaborado com ações extremamente importantes como Prosamim, que funcionou muito para o povo de Manaus, e que serviu de aprendizado para o Banco levar a experiência para outros países. Essa relação é muito proveitosa para o Governo do Amazonas e o Banco”.

Visitas

A Comitiva que visita a capital amazonense é formada por diretores do BID do Suriname, Argentina, Japão, França, Bahamas, Itália, Uruguai, Colômbia, México e do Peru. A delegação cumpre agenda de compromissos nessa quarta-feira (27) em diversas obras na área da educação, como o Centro de Mídias da Secretária de Estado da Educação e Qualidade do Ensino (Seduc) e do Prosamim.

Construções

Em 2014, o Governo do Estado formalizou o contrato de operação de crédito no valor de US$ 151,180 milhões com o BID para a construção de 12 Centros de Educação de Tempo Integral (Cetis) e a adaptação de outras 20 escolas em modelo de tempo integral. O projeto tem contrapartida de US$ 121,826 milhões do Governo Estadual, totalizando U$ 273,006 milhões em investimentos na educação.

Esse é um dos maiores investimentos do BID feito em projetos de educação no Brasil, que ainda contempla a ampliação do Centro de Mídias da Seduc para implantar mais 1.500 salas (de ensino mediado por tecnologia) no interior do Estado. Os projetos fazem parte do Programa de Aceleração do Desenvolvimento da Educação do Amazonas (Padeam), que, além do reforço da infraestrutura, prevê aplicação dos recursos do BID na melhoria da gestão escolar e em programas já executados pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc). Serão ampliados os programas para correção da distorção idade/série e para fortalecer a preparação de jovens para exames de seleção para o ensino superior.

 

ver mais notícias