Foragido entra em confronto com policiais durante perseguição, deixa a cidade em pânico e é baleado

Uma perseguição policial terminou em acidente de trânsito entre um Uno e um Renault no cruzamento das avenidas Ramos Ferreira e Visconde de Porto Alegre, bairro Praça 14, Zona Sul de Manaus, na tarde desta quarta-feira (21). Após a colisão, três suspeitos desceram de um dos carros e os policiais civis atiraram contra eles, mas o trio conseguiu fugir.

Segundo mecânicos de uma oficina próxima ao local do acidente, a colisão aconteceu por volta das 15h30. Eles informaram que uma viatura da Polícia Civil perseguia um carro Uno com três suspeitos, quando eles atravessar o sinal vermelho, na contramão da Visconde de Porto Alegre.

“Eles entraram na contramão, mas o sinal abriu para quem estava no sentido certo da rua. Foi aí que eles acertaram o carro da Renault. Três caras desceram do carro preto e dois policiais saíram da viatura, atirando contra eles. Deram uns 10 tiros. Um parece que foi atingido, mas todos conseguiram fugir”, disse o mecânico Cleiton Nascimento.

O servidor público Augusto Belém, de 60 anos, estava dirigindo o carro que foi atingido durante a perseguição. Ele estava com uma irmã e uma amiga quando foram surpreendidos pela colisão e os disparos.

“Estávamos na rua e sentimos a batida. Depois, só ouvimos os barulhos dos tiros e a única reação que tivemos foi nos abaixar, porque o carro não é a prova de balas”, comentou Augusto, que ainda encontrou cápsulas dos tiros no chão da Avenida após o ocorrido.

No local, agentes do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito de Manaus (Manaustrans) orientaram os condutores até os carros serem retirados. Policiais militares da 1ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) informaram que a perseguição foi feita por policiais do 7º Distrito Integrado de Polícia (DIP), que segue em diligências.

 

ver mais notícias