CM7

 
Manaus, 23 de outubro
Mercado financeiro
Dólar
Euro
 
 
Home / Últimas Notícias / Política / Deputado Hissa Abrahão vem a público informar que mais uma vez um “hacker” clonou a sua linha telefônica

Deputado Hissa Abrahão vem a público informar que mais uma vez um “hacker” clonou a sua linha telefônica

Da redação | 29/05/2017 23:09
NOTA DE ESCLARECIMENTO 

O deputado federal Hissa Abrahão (PDT-AM) vem a público informar que mais uma vez um “hacker” clonou a sua linha telefônica (92) 99152-7939, por volta das 19h desta segunda-feira (29). Hissa esclarece que os infratores invadiram grupos de trabalho, por meio do aplicativo WhatsApp, e pediram transferências bancárias em nome do deputado.  O parlamentar amazonense pede aos amigos, funcionários e familiares que não respondam às mensagens enviadas pelos criminosos. 
No dia 11 de maio, o deputado federal registrou Boletim de Ocorrência (BO), no Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) denunciando o golpe virtual. Na ocasião, os infratores fingiram ser o deputado e abordaram funcionários e amigos do parlamentar, por meio de grupos do WhatsApp, questionando se as vítimas tinham conta no Banco do Brasil. As pessoas que sinalizaram positivamente, o infrator pediu que fosse transferida uma determinada quantia em valor para a conta bancária indicada pelos bandidos com a justificativa de que o valor seria transferido novamente no dia seguinte. “Cientes” de que estavam falando com o deputado, aproximadamente, as vítimas transferiram quantias entre R$ 900 e R$ 6 mil, gerando um prejuízo de quase R$ 25 mil. 
O parlamentar salienta que em momento algum deu sua conta bancária para que fosse transferido valor em dinheiro e ressalta que a conta usada pelos criminosos é de uma mulher, que está sendo investigada pela Polícia Civil. Hissa solicita a quem foi vítima desse bando criminoso que procure a polícia e denuncie o caso. 
Nesta terça-feira (29), o parlamentar irá denunciar o caso à Polícia Federal.
Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie em Nossas Pesquisas

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA