Defesa de Melo tenta anular últimos dias de Bessa no TRE-AM

Após conseguir cancelar a sessão de julgamento que colocaria em pauta mais um processo de cassação do mandato do governador José Melo (Pros), nesta quarta-feira, dia 20, na corte do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), os advogados dele ingressaram com outro recurso no caso.

Trata-se de uma ação para tentar anular a atuação do desembargador João Mauro Bessa, vice-presidente da corte eleitoral, na análise do processo. O magistrado ainda participará de mais quatro sessões de julgamentos no TRE-AM antes de se despedir da casa, no dia 7 de maio.

Bessa é relator da matéria e contra o qual a defesa de Melo já contesta o fato de ele ter marcado o julgamento do caso para esta quarta-feira, fora do rito legal, e ter manifestado seu voto, segundo os advogados do governador, antecipadamente.

“É uma estratégia para achincalhar”, reagiu o advogado Daniel Nogueira, que atua para o senador Eduardo Braga (PMDB), autor da denúncia contra José Melo. “Esses estão fazendo isso porque, no mérito, não têm o que argumentar”, comentou Nogueira.

Na tramitação do processo que resultou na cassação do mandato de José Melo por 5 a 1 e na derrubada dos recursos que contestavam a medida, por 6 a 0, Bessa foi considerado o mais incisivo voto contra o governador.

O caso voltará à pauta de discussão do TRE-AM no próximo dia 2 e caberá a ele se julgar ou não suspeito para atuar no processo.

Nesse caso, o tempo contra o magistrado corre acelerado porque ele poderá não ter chance mais de atuar no feito. É que na semana passada ele tentou ser reconduzido para a cota de desembargador titular do Tribunal Eleitoral, mas foi derrotado e ainda entrou para a história da instituição como um dos raros casos de vice-presidente que não conseguiu chegar à presidência do poder.

Procurado sobre a ação de suspeição, o advogado do governador, Yuri Dantas, disse que não falaria nada sobre o assunto. O processo também não foi disponibilizado à imprensa porque já havia sido encaminhado para a Corregedoria do TRE-AM, que é comandada por Bessa.

Fonte Portal BNC- Neuton Correa 

Home

ver mais notícias