Belão troca Eduardo Braga por Omar Aziz

O ex-presidente da Assembleia Legislativa do Estado (ALE-AM) Belarmino Lins informou no início da tarde de hoje 11/03 que formalizou sua desfiliação do PMDB para ingressar em outra sigla, para a qual diz ainda não ter definido.

Ele antecipou, porém, que trocará o partido do ministro Eduardo Braga por uma legenda do arco de aliança do governador José Melo (Pros), que pode ser o próprio Pros ou o PSD, do senador Omar Aziz.

Belão disse que só vai anunciar a nova filiação na quinta-feira, dia 17, um dia antes do prazo final para a troca de partidos, na porta aberta pela reforma eleitoral aprovada no ano passado pelo Congresso.

“Saio do PMDB sem ressentimentos, pelo contrário, com gratidão, mas minha posição política é regional e local. Não posso prescindir do apoio do governo, porque 75% dos meus votos são do interior do Amazonas. Não sei chegar num município apenas para esculhambar. Sou de levar esperanças e resultados”, comentou o parlamentar.

A troca de partido de Belão, no entanto, é uma decisão que tenta corrigir a divisão política que separou ele de seu irmão, o deputado federal Átila Lins (PSD), nas eleições de 2014. E por causa do rompimento entre José Melo e Braga, Belão ficou na aliança pró-Braga e, Átila, no arco pró-Melo, confundindo o eleitorado deles, que sempre votou casado estadual e federal.

O resultado dessa separação foi que Átila Lins, quase perde a eleição, ficando com a última vaga, puxado por votos de sua coligação.

Belarmino Lins é o quarto parlamentar estadual, eleito em 2014, a trocar de filiação na atual legislatura. O primeiro foi o Luiz Castro, que trocou o PPS pela Rede; esta semana, a deputada Alessandra Campêlo saiu do PCdoB para ingressar no PMDB de Braga; e Dermilson Chagas já anunciou saída do PDT.

Contéudo e foto Portal BNC ( Neuton Correa)

ver mais notícias