28 de agosto ou a festa de Parintins? Médicos não recebem há 4 meses

José Melo confirmou cortes nos patrocínios para os eventos culturais no Amazonas, principalmente os grandes festivais do interior e de Manaus, as festas populares de Manacapuru (festival de cirandas), Maués (guaraná), Itacoatiara (Fecani), Nova Olinda do Norte (boi-bumbá), Autazes (leite) e outros.

Festival Folclórico de Parintins, previsto para o final do mês de junho, não contará com a gorda ajuda do governo, e pelo visto o patrocínio da Petrobrás também vai diminuir. Enfim estava na hora do Governador escolher entre o que não é necessário, para o que é indispensável para a população, á saúde.

Acabou a festa para salvar a saúde no Estado. Melo justifica que prefere cortar esses recursos do setor cultural do que inviabilizar o atendimento do hospital 28 de Agosto.

Já que o Estado está em crise o Governador deve cortar também, os gastos com propaganda, Portais e blogs, patrocinados para não falar mal do governo, empresas apadrinhadas, joias da primeira dama, gastos com mordomias para parentes, é um lista imensa de gastos desnecessários, enquanto professores, policiais, médicos, enfermeiras ficam meses sem o seu digno e trabalhado salário.

ver mais notícias