TJ faz 2º dia de audiência do caso do ex-médico acusado de mutilar pacientes no Amazonas

Manaus/AM-Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) ouve nesta terça-feira (11) testemunha arrolada pela defesa do ex-médico Carlos Jorge Cury Mansilla apontado como falso cirurgião plástico, que teria mutilado dezenas de pacientes.

As audiências tiveram início na segunda-feira (11), em Manaus . O ex-médico não compareceu à audiência. Ele alegou depressão para justificar a ausência.
A audiência para instrução processual do caso envolvendo Carlos Mansilla, que responde ação de indenização por danos médicos, morais e materiais, é realizada na 11ª Vara Criminal da Comarca de Manaus, no Fórum Henoch Reis, na Zona Sul da capital. No primeiro dia de audiência e instrução do caso, foram ouvidas duas testemunhas de acusação e uma das vítimas.
Na quarta-feira (12), último dia de audiência do processo, serão ouvidas as últimas testemunhas da defesa. O médico também deve ser ouvido na quarta. A defesa entrou com um atestado médico e a juíza ainda não informou se vai aceitar ou não.
O cirurgião responde a 27 processos em andamento na Justiça Estadual, em sua maioria por acusação de erro médico e lesão corporal grave decorrente de cirurgias plásticas. Destes processos, dois tramitam sob segredo de Justiça. Dois recursos de processos por erro médico estão no 2º grau do Tribunal de Justiça do Amazonas.
Carlos Jorge Cury Mansilla teve o registro médico cassado, em caráter irrevogável, no dia 27 de janeiro deste ano. Todos os 27 membros do Conselho votaram a favor da cassação.

Fonte-G1

 

ver mais notícias