Taxista suspeito de distribuir drogas é preso com 200 kg de entorpecentes

Um taxista de 27 anos foi preso em flagrante, nesta quarta-feira (23), com 200 kg de drogas, entre cocaína e maconha. Parte dos entorpecentes foram encontrados no porta-malas do veículo que o suspeito usava para trabalhar. De acordo com a Polícia Civil, o taxista fazia “corridas” para distribuir os entorpecentes por Manaus.f9dac58e-3279-499f-9189-b1651274b16c

A prisão ocorreu na Avenida Governador Danilo de Matos Areosa, na primeira etapa do Distrito Industrial, na Zona Sul, no momento em que o suspeito conduzia o táxi. As investigações em torno do caso iniciaram há duas semanas, após o recebimento de denúncias anônimas, de acordo com o diretor do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), delegado Paulo Mavignier.

8f6b8bbf-4ac4-4e88-9a52-5c73d7b7b6d3

“As delações que recebemos informavam que um motorista de táxi iria distribuir uma grande quantidade de substâncias entorpecentes em todas as zonas da cidade. Quando o abordamos ele ainda tentou empreender fuga”, contou.

Suspeito mantinha galpão para guardar entorpecentes (Foto: Erlon Rodrigues/Polícia Civil)
Suspeito mantinha galpão para guardar entorpecentes (Foto: Erlon Rodrigues/Polícia Civil)

Durante revista ao veículo, a polícia encontrou cerca de 50 kg de drogas no porta-malas. Questionado sobre a existência de mais pacotes de entorpecentes, o taxista informou que mantinha um depósito para guardar o material na Rua Antônio Lacerda, bairro Morro da Liberdade, também na Zona Sul.

A polícia encontrou um galpão com um escritório. No local foram apreendidos 150 kg de drogas, que pertencia a uma facção criminosa que atua no Amazonas, segundo a Polícia Civil. À polícia, o taxista afirmou ter recebido R$ 200 para fazer o transporte da mercadoria ilícita.

O taxista foi autuado em flagrante por tráfico de drogas. Ao término dos procedimentos cabíveis na base do Denarc, nas dependências da Delegacia Geral, ele vai ser encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde irá permanecer à disposição da Justiça.5e4949be-3055-4f08-8687-5fe7467ac314 224e6c6f-2ded-455f-ab3a-71d801d8516f 340abb4b-6371-453a-9ef8-5c65dcbf58b8

ver mais notícias