Suspeito de 22 assassinatos, o pistoleiro Rafael é preso após ser baleado pelo amigo por acidente

Suspeito de ser envolvido em 22 assassinatos somente no bairro da Compensa, Zona Oeste, Rafael Santiago da Silva, 26, foi preso, após ser baleado pelo próprio comparsa com dois tiros nas costas e no pé. Rafael foi socorrido e levado ao Hospital Pronto-Socorro 28 de Agosto, onde foi submetido a cirurgia e segue internado em estado estável. 

 

Segundo a Polícia Civil, Rafael é pistoleiro de uma organização criminosa e estava no bairro da Compensa, no último final de semana, para executar uma mulher conhecida como “Camila” que foi baleada por ele e pelo comparsa. Durante os disparos, o comparsa do pistoleiro atirou nele por acidente.

Conforme os autos de flagrante registrado no 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP), o pistoleiro e o comparsa abordaram a mulher em via pública, e, armados com pistolas, atiraram contra a vítima nos braços e na barriga. A mulher foi levada a uma unidade hospitalar onde recebeu atendimento médico. Rafael acabou sendo baleado pelo comparsa que fugiu em seguida.

Ainda segundo informações da polícia, na tarde dessa terça-feira (25), ele foi ouvido por investigadores da Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS) que é onde tramita as investigações dos 22 assassinatos que são atribuídos a ele.

Após receber alta hospitalar, ele será autuado em flagrante por homicídio tentado no 19º DIP e levado ao Centro de Detenção Provisório Masculino (CDPM). Fonte Emtempo

ver mais notícias