Soldado do Exército acusado de estuprar menina indígena de 7 anos foi preso em São Gabriel da Cachoeira

O soldado do Exército Brasileiro Moisés Campus de Oliveira, de 21 anos, lotado no Comando de Fronteira Rio Negro do 5° Batalhão de Infantaria de Selva foi preso em flagrante na madrugada deste sábado (7) pela Polícia dói Exército com apoio de policiais 2ª Companhia Independente de Polícia Militar, acusado de estupro de vulnerável.

De acordo com a polícia a vítima é uma criança indígena de apenas 7 anos de idade que é sobrinha da esposa do soldado. O crime ocorreu na casa do acusado localizada no bairro Nova Esperança.

Os policiais informaram que estavam de serviço ontem (6) quando foram procurados pela mãe da vítima informando do crime. Ao tomarem conhecimento de que acusado era soldado do Exército mantiveram contato com a Polícia do Exército que acompanhou as buscas.

O acusado foi encaminhado ao distrito  9° Distrito Integrado de Polícia, de São Gabriel da Cachoeira onde o delegado Rafael Wagner Soares, lavrou o auto de prisão em flagrante.

Fonte Fato Amazônico 

ver mais notícias