Russos são presos tentando sair de Manaus com malas de dinheiro

A Polícia Federal tenta desvendar o que russos andam aprontando clandestinamente em Manaus. No último domingo, dois foram flagrados no aeroporto internacional Eduardo Gomes com pelo menos cinco milhões em notas de real. Ontem, sexta-feira, dia 24, outro russo carregava R$ 10 milhões em malas no bagageiro dos aviões, driblando a fiscalização das esteiras de raios-X.

Fonte da Polícia Federal disse que duas malas estavam abarrotadas de dinheiro que ainda não é sabida sua origem e muito menos sua destinação, e nem quem deu essas altas quantias aos russos.

O que já está descoberto é que os russos, em ambas as ocorrências, usavam Manaus como ponte na rota São Paulo-Paris-Moscou.

A dificuldade maior para lavrar o flagrante foi de comunicação. Ninguém falava russo na hora e encontrar um tradutor foi difícil.

Levados à presença do juiz em audiência de custódia, o magistrado preferiu recolhê-los logo ao presídio até que seja possível interroga-los.

Em abril de 2013, um cidadão russo foi preso em Manaus tentando pular o muro do Centro de Instrução e Guerra na Selva (Cigs), unidade do Exército. Foi julgado e condenado no início deste ano, mas a embaixada de seu país conseguiu soltá-lo menos de dois meses depois, e hoje vive em Moscou. Até hoje não se sabe qual era sua intenção.

Materia do BNC

 

ver mais notícias