CM7

     
 
 
Manaus, 17 de outubro
Mercado financeiro
Dólar
Euro
 
 
Home / Últimas Notícias / Polícia / Quadrilha faz família de evangélicos refém, estupra mãe e filha de 13 anos e assalta casa

Quadrilha faz família de evangélicos refém, estupra mãe e filha de 13 anos e assalta casa

Da redação | 13/11/2016 00:43

Mãe e filha foram estupradas por criminosos na madrugada deste sábado, em Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, durante um assalto a residências. Vários integrantes de uma família, que vive em três casas diferentes, foram feitos reféns.Cinco bandidos armados com revólveres e facão chegaram por volta das 2h na primeira residência, no Bairro Nossa Senhora de Fátima, onde dormiam uma mulher de 72 anos e seu filho, de 37. A gangue chegou à procura de uma arma calibre 12, pegaram os dois e foram para outra casa, a poucos metros, onde vive outro filho da idosa, de 49 anos.

Ele e a esposa, de 35, foram feitos reféns e levados para o terceiro imóvel, onde o bando entrou já agredindo a proprietária com um facão. A quadrilha amarrou os homens com fitas adesivas e as mulheres com cadarços de tênis.

A todo momento, os criminosos – três com os rostos tampados – perguntavam pela arma calibre 12. Eles estupraram uma adolescente de 13 anos e, antes de deixar o local, quebraram a casa, levaram R$ 4 mil, um veículo Gol e uma motocicleta (que foi encontrada pouco depois na região).

A mãe da adolescente de 13 anos foi levada como refém e estuprada dentro do carro da gangue. Em seguida, ela foi deixada no Bairro São Gabriel, na Região Nordeste de BH. A mulher e a filha são atendidas no Hospital Odilon Behrens, na capital mineira.

A vítima que apanhou com o facão relata que estava dormindo quando a chamaram na porta de casa. “[Os criminosos] querendo dinheiro, querendo arma. Eu falei ‘a arma que a gente tem aqui é a Bíblia’. Somos evangélicos e o Senhor nos guardou e nos protegeu”, diz ela, que, chorando, lamenta também o roubo. “O pouco que você tem, levam. Deixaram a gente sem nada”, afirma.

Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie em Nossas Pesquisas

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA