Quadrilha é presa em Manaus e um deles responde a 33 processos

Manaus/AM-Uma quadrilha de assaltantes que invadia casas em Manaus foi presa pela Polícia Civil, na tarde de domingo (2).
Os suspeitos agiam com violência, mantinham famílias reféns e sob a mira de armas. Segundo informações, um dos presos responde a mais de 30 processos por roubos e furtos na Justiça do Amazonas.

Os casos chamaram atenção da polícia e a Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD) investigava há um mês a quadrilha.

Na tarde de domingo, os assaltantes fizeram mais uma família vítima ao invadirem uma residência na Rua 51 no bairro Nova Cidade. A proprietária do imóvel, uma funcionária pública, de 53 anos, disse que dois homens armados entraram na casa depois de um vizinho sair da residência e deixar o portão aberto. Havia quatro adultos e cinco crianças na casa.

Depois do novo assalto, a equipe da DERFD fez buscas pelos suspeitos e conseguiu, por volta das 15h30, prender três envolvidos na Avenida Jacira Reis, no bairro São Jorge. Maique Feitoza da Silva, de 36 anos, Felipe de Souza Rodrigues, 30, e Daniel Augusto Siqueira, 28 anos, foram detidos. Os três estavam em carro modelo Prisma, de cor vermelha, roubado em fevereiro deste ano. O veículo estava com placas clonadas.
Minutos depois, a polícia conseguiu prender, em flagrante, o quatro suspeito de integrar a quadrilha. Samuel de Jesus Santos, de 21 anos, foi abordado na Avenida São Pedro, bairro Compensa. Ele estava no carro modelo Onix roubado da família no bairro Nova Cidade. Objetos roubados também estavam no veículo. Um revólver calibre 38, com seis munições intactas, foi apreendido.

Todos os suspeitos têm passagem na polícia pelos crimes de roubo e furto. Porém, Maique Feitoza é conhecido da polícia e tem uma vasta lista de crimes. De acordo com a Polícia Civil, ele responde a 33 processos no Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM).

ver mais notícias