Procurada: Suspeita de mandar assassinar taxista em Manaus

portaldoholanda-733804-imagem-foto-amazonasA Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros – Anexo (DEHS-Anexo), solicita a colaboração de todos para localizar Bruna Almeida de Araújo, 30, suspeita de mandar matar o companheiro e taxista Rinaldo de Souza Brito,41. O crime aconteceu no último  dia 16 de janeiro de 2012, por volta das 15h, na Rua São José, Compensa 3, zona Oeste de Manaus. 

De acordo com a DEHS, Bruna teria contratado dois homens, ainda não identificados, para assassinarem o taxista. Ela teria pago R$ 2,7 mil para dupla, segundo as investigações, o crime foi motivado por vingança, pois Bruna havia sido agredida pelo companheiro durante uma discussão duas semanas antes do crime. A mulher foi denunciada por pessoas próximas à vítima.  

“Os homens chegaram à residência do casal e efetuaram disparos em direção a Rinaldo, que foi atingido na cabeça e no tórax. A vítima morreu no local. Bruna foi qualificada indiretamente pelo homicídio do companheiro, porém ainda não foi ouvida à respeito do crime, pois está foragida”, explicou delegado Carlos Tavares. 

Quem puder colaborar com informações que levem ao paradeiro de Bruna, entrar em contato com os policiais civis da DEHS-Anexo pelo número do disque-denúncia da especializada: (92) 99962-3125, ou pelo 181, da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Amazonas (SSP-AM). A Polícia Civil assegura o sigilo da identidade dos informantes.

ver mais notícias