Policiais Militares confessam participação em sequestro que chegaram a cobrar 175 mil pelo resgate

O soldado do Batalhão de Guardar Watson Nascimento e o cabo do Batalhão de Trânsito Cleber Lima foram presos, hoje (16), por envolvimento no sequestro de Marinaldo Pereira Corrêa, ocorrido no dia 21 de janeiro deste ano. Segundo o delegado Luiz Rocha, da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), os dois confessaram o crime e chegaram a cobrar R$ 175 mil pelo resgate da vítima. Marinaldo continua desaparecido.

A esposa da vítima, que não quis ser identificada, afirmou que a última vez que viu o marido foi no dia 21 de janeiro.

ver mais notícias