PM 'sargento Cledson' é morto a tiros durante confronto com assaltantes ( Vídeo mostra momento do assalto)

“Meu irmão de batalha. Quantas vezes demos nosso sangue pela polícia”. As palavras são do sargento Abrahão Silva Nascimento, emocionado, falando da morte do amigo de infância e também sargento da Polícia Militar (PM), Cledson Afonso Moura da Silva, morto com três tiros, na noite desta quarta-feira (8), durante uma tentativa de assalto, ocorrida na frente da casa dele, na Rua Apóstolo Paulo, Comunidade Jesus me Deu, bairro Colonia Terra Nova, zona norte. O sargento morreu quando tentava proteger a filha de 17 anos da ação de dois assaltantes, que exigiram a motocicleta que ele estava com ela.

As câmeras de segurança da casa do sargento gravaram toda ação dos bandidos. Um dos suspeitos foi morto em confronto com o sargento e o outro fugiu no momento que o comparsa travava luta corporal com o policial.

De acordo com o sargento Abrahão, da 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), o sargento Cledson, que já estava na reserva da PM, chegava em casa com a filha, em uma motocicleta Bros branca, quando foi surpreendido pelos dois assaltantes armados. “Meu amigo morreu na batalha. Lutando com um bandido. Botaram a arma na cabeça da filha dele e ele foi proteger”, disse.

Cledson ainda foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado ao Hospital e Pronto-Socorro Delphina Aziz, na Torquato Tapajós, zona norte, mas já chegou sem vida. O sargento foi atingido com um tiro no peito e dois nas costas, segundo Abrahão.

O suspeito morto durante o confronto foi atingido com três tiros no tórax, segundo informações dos peritos do Departamento de Polícia Tecnico-Científica (DPTC) da Polícia Civil.

Investigadores da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) estiveram na casa do sargento e recolheram as imagens das câmeras de segurança para serem analisadas.

ver mais notícias