CM7

 
Manaus, 23 de outubro
Mercado financeiro
Dólar
Euro
 
 
Home / Últimas Notícias / Polícia / PM ‘sargento Cledson’ é morto a tiros durante confronto com assaltantes ( Vídeo mostra momento do assalto)

PM ‘sargento Cledson’ é morto a tiros durante confronto com assaltantes ( Vídeo mostra momento do assalto)

Da redação | 08/03/2017 23:16

“Meu irmão de batalha. Quantas vezes demos nosso sangue pela polícia”. As palavras são do sargento Abrahão Silva Nascimento, emocionado, falando da morte do amigo de infância e também sargento da Polícia Militar (PM), Cledson Afonso Moura da Silva, morto com três tiros, na noite desta quarta-feira (8), durante uma tentativa de assalto, ocorrida na frente da casa dele, na Rua Apóstolo Paulo, Comunidade Jesus me Deu, bairro Colonia Terra Nova, zona norte. O sargento morreu quando tentava proteger a filha de 17 anos da ação de dois assaltantes, que exigiram a motocicleta que ele estava com ela.

As câmeras de segurança da casa do sargento gravaram toda ação dos bandidos. Um dos suspeitos foi morto em confronto com o sargento e o outro fugiu no momento que o comparsa travava luta corporal com o policial.

De acordo com o sargento Abrahão, da 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), o sargento Cledson, que já estava na reserva da PM, chegava em casa com a filha, em uma motocicleta Bros branca, quando foi surpreendido pelos dois assaltantes armados. “Meu amigo morreu na batalha. Lutando com um bandido. Botaram a arma na cabeça da filha dele e ele foi proteger”, disse.

Cledson ainda foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado ao Hospital e Pronto-Socorro Delphina Aziz, na Torquato Tapajós, zona norte, mas já chegou sem vida. O sargento foi atingido com um tiro no peito e dois nas costas, segundo Abrahão.

O suspeito morto durante o confronto foi atingido com três tiros no tórax, segundo informações dos peritos do Departamento de Polícia Tecnico-Científica (DPTC) da Polícia Civil.

Investigadores da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) estiveram na casa do sargento e recolheram as imagens das câmeras de segurança para serem analisadas.

Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie em Nossas Pesquisas

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA