Mulher é presa por escravizar ex-namorada do irmão

No local, a autora a torturava, jogando água e alvejante nela e arrancando o cabelo

A corte de Maida Vale, Reino Unido, deu o veredicto em um caso que chocou a comunidade. Mandy Leacock, 36 anos, é acusada de escravizar a ex-namorada do irmão e, entre outras ações, alimentá-la com comida estragada retirada de latas de lixo durante 14 meses.

Segundo informações da Justiça, Mandy conheceu a jovem após o irmão e ela terem tido um rápido relacionamento. De alguma forma, a jovem fez com que a vítima se mudasse para a casa dela. No local, a autora a torturava, jogando água e alvejante nela e arrancando o cabelo. Além disso, Mandy roubou o cartão de crédito da menina e gastou em compras.

“Mandy me fez de escrava. Eu fui humilhada. Fiquei acostumada a apanhar, por isso, não chorava. Não conseguia ter emoções”, contou a vítima ao tribunal, segundo o jornal Metro. “Ela me deixa com fome. Nunca podia comer”, desabafou.
Segundo o juiz Stephen Robbins, qualquer pessoa que trate outro ser humano com tamanha crueldade deve ter uma pena longa. “Você a tratou como escrava, você bateu nela e arrancou os cabelos dela. Isso é um caso de crueldade persistente”, disse. Mandy ficará presa por quatro anos.

Com Informações @MetroUk

ver mais notícias